Estão abertas candidaturas para financiamento de projetos destinados a melhorar a medição e prevenção do desperdício alimentar no setor da hotelaria, restauração e outros serviços alimentares

 

A luta contra o desperdício alimentar é uma das principais vertentes de ação estabelecidas na Estratégia da UE "Do Prado à Mesa", que visa tornar os sistemas alimentares mais justos, saudáveis e amigos do ambiente.

Na União Europeia, estima-se que o desperdício alimentar produzido anualmente ao longo da cadeia de abastecimento alimentar atinja as 88 milhões de toneladas, com custos associados estimados em 143 mil milhões de euros. A redução do desperdício alimentar tem enorme potencial para reduzir os recursos que utilizamos para produzir os alimentos que consumimos, bem como o impacto ambiental e climático dos sistemas alimentares. Tem também uma importante dimensão social, ajudando a enfrentar os desafios relacionados com a segurança alimentar.

A fim de apoiar as empresas a adotar medidas para reduzir o desperdício alimentar, a Comissão Europeia, em colaboração com o HaDEA (European Health and Digital Executive Agency), lançou um convite à apresentação de propostas no âmbito do Programa do Mercado Único (PMS) - Vertente Alimentar: "Apoios para melhorar a medição do desperdício alimentar e ajudar a implementar medidas de prevenção do desperdício alimentar nas suas operações e organizações".

 

O convite destina-se ao sector da hotelaria e serviços alimentares, ou seja, a restaurantes, hotéis e serviços de restauração (cuidados de saúde, educação, cantinas, transportes, etc.), tanto na esfera pública como privada.

 

Com esta iniciativa, a Comissão Europeia procura soluções que estejam prontas a ser implementadas por pequenas e médias empresas (PME), em condições próximas do mercado e à escala industrial ou comercial. Há uma vasta gama de atividades elegíveis para serem apoiadas, tais como a integração da prevenção do desperdício alimentar nas operações comerciais, programas de monitorização de desperdício alimentar, materiais de comunicação, desenvolvimento de novos modelos empresariais, programas de formação, etc. As propostas de projetos devem incluir um diagnóstico inicial do desperdício alimentar e deve integrar a medição dos resíduos alimentares como parte da avaliação da eficácia das iniciativas propostas.

Data limite das candidaturas: 20 de setembro de 2022 | 16h00

Orçamento: € 2.250.000

 

Saiba aqui mais informações

Contactos

Data de atualização

03-10-2022

 

Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar

CNCDA - República Portuguesa

w3cvalidhtml5png